Jornal Cidade de Rio Claro – A Mentalidade Lean

A Mentalidade Lean

por Imara Hebling Camargo

Uma nova mentalidade empresarial vem sendo aplicada no Brasil. Trata-se da cultura Lean. Também chamada de: Lean Facturing; Lean Production; Produção Puxada ou Modelo Toyota. O Lean Production é um sistema de produção desenvolvido a partir do modelo de gestão da Toyota Motor Company, empresa fundada em 1930 por Sakichi Toyoda.

As principais características desse modelo, no tocante às ferramentas e estratégias empresariais, foram desenvolvidas após a Segunda Guerra Mundial. Porém, mesmo antes da guerra, a empresa já se estruturava conforme a necessidade de atendimento aos seus clientes no Japão.

No início, a Toyota começou a pensar em termos de estoque com base na demanda imediata do cliente, em vez de usar um sistema que antecipa a demanda do mesmo. O Modelo Toyota se concentra em eliminar o estoque; reduzir os custos, com garantia da qualidade do produto e desenvolvimento e respeito pelas pessoas. A melhoria das pessoas, ou seja, dos funcionários consiste em desenvolvimento, preparação e motivação, pois é praticamente impossível atingir um nível adequado de aplicação da filosofia sem pensar no ambiente interno.

Este sistema é um método para eliminar integralmente o desperdício, que se refere a todos os elementos de produção que só aumentam os custos sem agregar valor. Por exemplo: excesso de pessoas, de estoques e de equipamentos. Consequentemente reverte-se no aumento da produtividade. A consequência de todos esses fatores melhora o desempenho das empresas e o sistema da qualidade incorpora-se ao trabalho normal dentro das organizações. Isso torna mais importante que cada mudança realizada traduz-se em melhorias, pois os envolvidos terão motivação para fazê-las.

O pensamento enxuto é uma forma de fazer cada vez mais com cada vez menos, ou seja, menos esforço humano, menos equipamento, menos tempo e menos espaço e aproximar-se cada vez mais de oferecer aos clientes exatamente o que eles desejam. Assim, o Lean Production tem sido utilizado pelas empresas produtivas e prestadoras de serviços como um diferencial competitivo para garantir sua participação de mercado e alavancar seus resultados. Ele pode ser aplicado dentro de qualquer empresa. Não é necessário ter linha de produção ou usar processos como o Kanban ou Just-in-time.

Ele parte do princípio de que são as pessoas que dão vida ao sistema, através do trabalho contínuo, comunicação, resolução de problemas e, consequentemente, crescimento junto da empresa. Isso já foi comprovado cientificamente e pelas grandes corporações. Agora chegou a vez deste investimento ser aplicado nas micro, pequenas e médias empresas. Principalmente para os empresários que querem a prosperidade de seus negócios.

Imara Hebling Camargo é consultora de Treinamento da Fiesp há 17 anos.

E-mail de contato: ihcassessoria@gmail.com

2 respostas para Jornal Cidade de Rio Claro – A Mentalidade Lean

  1. João Paulo Dill disse:

    Boa Noite!
    Sou estudante do curso de Lean Management na Univille – Universidade da Região de Joinville, curso de Pós-Graduação. Estou em fase de conclusão da monografia. Estarei abordando o Lean e sua implementação nas empresas da região, como Docol metais sanitários, Embraco do grupo Whirpool e Tigre, etc. Visitei e tenho contato com os facilitadores que estão e começaram a implantação e mudança de mentalidade nestas empresas. Gostei do artigo, e me ajudou a ampliar a visão desta filosofia. Grato, João Paulo Dill

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: