Linha de Balanço – O que é ?

No planejamento de longo prazo, o horizonte dos planos abrange todo o período de construção e tem como objetivo a definição dos ritmos das atividades, que constituem as grandes etapas construtivas do empreendimento como, por exemplo, a estrutura, a alvenaria e as instalações hidrossanitárias (MENDES JR e HEINECK, 1998). Em função do fluxo de recursos financeiros, desenvolvidos no estudo de viabilidade e da estimativa de custo, são dadas instruções para a coordenação destas atividades (TOMMELEIN e BALLARD, 1997).

Outra importante decisão, relacionada a esse nível de planejamento, trata da definição da estratégia de ataque à obra. Através deste estudo é estabelecido o seqüenciamento das atividades, eliminando-se possíveis interferências entre equipes propiciando a melhoria dos fluxos de materiais e mão-de-obra dentro do canteiro.

A elaboração dos planos é realizada a partir do uso de técnicas de programação, como a Linha de Balanço, no qual são especificadas informações a respeito do início e fim das atividades, bem como a duração máxima necessária para a execução do empreendimento (TOMMELEIN e BALLARD, 1997; MENDES JR. E HEINECK, 1998).

A técnica da Linha de Balanço (Line of Balance – LOB) para programação de tarefas foi criada pela Goodyear nos anos 40. Suas primeiras aplicações foram na indústria de manufaturados para programar o fluxo de produção. O Método da LOB é um dos métodos mais conhecidos entre os pesquisadores para a programação de projetos lineares.

Seu uso na construção civil se difundiu mais na Europa em obras com serviços bastante repetitivos, como estradas e pontes. Recentemente vários pesquisadores vêm procurando diversas formas de difundir o uso da Linha de Balanço nos EUA e outros países, em conjuntos habitacionais e edifícios altos, estudando os seus conceitos juntamente com outras técnicas matemáticas ou computacionais, como simulação, e sistemas baseado no conhecimento.

A técnica da Linha de Balanço se resume ao conceito de que as tarefas são repetidas inúmeras vezes ao

Exemplo de Linha de Balanço

Exemplo de Linhas de Balanço

longo de uma unidade de repetição. Por exemplo, o serviço de revestimento de paredes é realizado inúmeras vezes ao longo de todas as unidades de um conjunto habitacional ou pavimentos de um edifício. O ritmo de conclusão da tarefa nas diversas unidades dependerá de quantas equipes sejam alocadas. A técnica é de aplicação bastante simples principalmente por que pode ser feita graficamente, se assumirmos a linearidade do desenvolvimento da tarefa, podendo ser visualizada num gráfico espaço x tempo, indicando a unidade e quando a tarefa é executada nesta unidade

A Linha de Balanço é uma técnica de planejamento e controle que considera o caráter repetitivo das atividades de uma edificação. Por meio da Linha de Balanço o engenheiro da obra passará a ter uma visão mais simples da execução das atividades servindo como ferramenta de apoio na melhoria da produtividade e qualidade nos canteiros. E poderá dispor de uma técnica eminentemente gráfica (visual) que será um valioso aliado nas suas comunicações em obra.

Linha de Balanço - UHE LA VUELTOSA - Monolitos

Linha de Balanço - UHE LA VUELTOSA - Monolitos

A LOB é derivada do gráfico de barras (Gantt), onde ao invés de colocarmos as atividades ou fases da obra no eixo vertical, colocamos, por exemplo, os pavimentos ou as repetições do mesmo serviço. Assim cada barra continua representando uma atividade ou fase da obra, obtendo-se um conjunto de curvas de produção mostradas num plano cartesiano com unidades de repetição (cômodos, apartamentos, pavimentos, fachadas, etc.) e durações (semanas) definindo-se ritmos de trabalho (iguais ou diferentes) que promovam linhas balanceadas, inclinadas, representando o seu ritmo de avanço.

Dessa forma a Linha de Balanço pode indicar o sequênciamento da atividade pelas diversas unidades de repetição da obra (pavimentos, apartamentos, casas unifamiliares, quilômetros de estrada, metros de canalização, etc.).

O balanceamento das linhas pode ser obtido através de: eliminação de conflitos entre equipes pela mudança da precedência de uma atividade ou pela mudança de ritmo (número de operários executando a tarefa basicamente é o que indica o ritmo); eliminação dos gargalos na obra – tarefas que são executadas com ritmo lento atrapalhando as demais; definição de estratégias de execução que permitam o espalhamento das atividades pela obra diminuindo o tempo de ocupação ou de entrega de uma unidade, entre outras decisões gerenciais que a Linha de Balanço pode apoiar de uma forma mais efetiva do que outras técnicas de planejamento e controle.

Através da adoção do conceito da Linha de Balanço as atividades seguirão ritmos de produção definidos. Nesta situação diz-se que a produção está balanceada.

Este balanceamento permite definir quantas unidades (cômodos, apartamentos ou pavimentos) estarão concluídas num determinado tempo, permitindo: estudo de reaproveitamento de equipes, melhor programação das equipes, evitar interrupções do trabalho de uma equipe melhorando sua produtividade, minimização dos estoques e produtos em processo, melhores possibilidades de implantação do trabalho em grupo (células de produção), pacotização do trabalho com melhor definição de tarefas, e uma gerência facilitada – visual, entre os benefícios mais importantes.

Resumindo, a Linha de Balanço permite atender às necessidades de programação de uma obra tradicional, a melhoria da produtividade na forma clássica (taylorista – repetição e volume de trabalho) ou o apoio à gestão moderna da produtividade e qualidade. A sua estratégia de produção, atendendo aos objetivos da empresa, é que irá determinar quais os benefícios mais importantes e qual a ênfase a ser dada na aplicação da Linha de Balanço.

Todos os principais componentes necessários à programação de obra são identificados na Linha de Balanço:
– O quê (qual atividade, qual pacote de trabalho) deve ser feito;
– Quem deve fazer (qual ou quais equipes);
– Onde fazer (qual cômodo, apartamento, pavimento ou fachada);
– Quando fazer (qual semana).

→ Dissertações sobre Linha de Balanço:

Texto retirado de:

LUIZ EDUARDO LOLLATO JUNQUEIRA - Aplicação da Lean Construction para Redução dos Custos de Produção da Casa 1.0®. São Paulo, 2006. 146p. Escola Politécnica da USP.

- Demais textos sobre o assuntos:

ADRIANO OLIVEIRA MATOSEstudo do Planejamento em Linha de Balanço de uma Obra em Paredes-Painéis com Aplicações de Princípios da Construção Enxuta. UFBA, 2006.
RICARDO MENDES JUNIORProgramação da Produção na Construção de Edifícios de Múltiplos Pavimentos. UFSC, 2001
About these ads

7 respostas para Linha de Balanço – O que é ?

  1. [...] utilizada neste software não é o PERT/CPM (presente no MS Project ou Primavera) e sim a Linha de Balanço (Line of Balance – [...]

  2. Luís Henrique disse:

    Boa tarde, Luiz.
    Deixo aqui o agradecimento pelo texto, simples, objetivo e com conteúdo. Presto serviços de planejamento de obras civis, criação de cronogramas de médio e longo prazo e precisava de um conceito claro da linha de balanço.
    Obrigado.

  3. antonio clerio da silva disse:

    quero comprar livros que falem sobre a lob na construção civil, para me auxiliar na minha monografia,…

  4. Tenho uma empresa de planejamento voltada para a construção civil e utilizo esta ferramenta em todos os projetos.

  5. Fabio disse:

    Excelente post. Na verdade, todo o material do site é fantástico.
    Não conhecia esse blog, mas já estou entretido faz horas!

  6. Débora Jansen disse:

    Planejamento para algumas empresas ainda representa ônus, mas as “melhores” já começaram a entender que planejamento gera lucro. Nossa empresa auxilia a geração de lucro/planejamento em diversas empresas no Espírito Santo e esse blog vem ao encontro de todos os conceitos que aplicamos em nosso trabalho.
    Abraço;
    Débora
    http://www.aget.com.br

  7. Simone Tavares disse:

    Boa tarde !
    Gostaria de indicações de livros e empresas para melhor entendimento sobre Linhas de Balanço.
    Aguardo um retorno e obrigada pela atenção.
    Simone Tavares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 32 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: